A matéria causa muita polêmica, mas com essa decisão fica o alerta para os proprietários de meios de hospedagem para não serem surpreendidos com punições por permitirem acesso aos quartos de hóspedes sem autorização judicial, que segundo foi o entendimento do STJ não pode ser substituída pela autorização do proprietário do estabelecimento.

Gostou da publicação? Então curta, divulgue, compartilhe!

Quer saber mais?

opelegis@opelegis.com.br

#opelegis1 #opelegisconsultoria #federaçãonews #fbha #turismo #mtur #invasaodedomicilio #stj #hotel

× Como posso te ajudar?