Proportion
Categories: Notícias

O STJ concluiu que os promissários compradores têm legitimidade para participar das assembleias, desde que tenha havido a imissão posse da unidade imobiliária e o Condomínio tenha sido previamente cientificado sobre a transação.

Com esse entendimento, aqueles que adquirem imóveis, mas ainda não tenham efetuado o registro do compromisso de compra e venda no cartório de imóveis, se cumprirem os requisitos acima, poderão sim ter assegurado o direito de participar e votar das assembleias do Condomínio.

E caso haja alguma dúvida, importante contar com parecer jurídico para esclarecer, com a indicação correta de todos os fundamentos legais, e assim não se ter privação de direitos decorrentes do negócio jurídico celebrado.

Gostou compartilhe, marque, divulgue, resposte!

Aguarde novos posts sobre o assunto!

Quer saber mais informações acesse nossos canais.

OPELEGIS1(Instagram, Facebook, LinkedIn e YouTube)

Dra. Cely Soares
Opelegis Consultoria Empresarial
opelegis@opelegis.com.br

#promessadecompraevenda
#condomínio
#assembleia
#direitodevoto
#direitocivil
#LeideRegistrosPúblicos
#registrospúblicos
#negóciojurídico
#modernização
#contrato
#cartórioderegistrodeimóveis
#consultoriajurídica
#opelegisconsultoriajurídica